Arquivos do Blog

Reprovação recorde e panes constantes no sistema do DETRAN-MG, prejudicam candidatos a habilitação

Minas Gerais, o ultimo estado da federação, a deixar a responsabilidade de seu departamento de trânsito, nas mãos da polícia civil, tem sofrido com a estrutura precária de trabalho oferecida pelo órgão.

Os constantes problemas apresentados pelo sistema do DETRAN-MG vêm dificultando o trabalho das autoescolas de boa parte do Estado. Em Juiz de Fora, diversos candidatos a condutor, reclamam das constantes quedas do sistema e das dificuldades que isso lhes impõe por vezes impedindo-os de finalizar seu processo de habilitação.

O problema que vem se repetindo semanalmente, voltou a acontecer na tarde desta sexta-feira, deixando ilhadas as autoescolas de Juiz de Fora, que são dependentes do sistema para realizar abertura e encerramento das aulas de seus candidatos.

Outro grande problema em um dos maiores centros comerciais do Estado, é o baixo nível de aprovação apresentado pela cidade. A meses o índice de reprovação se caminha acima dos 85% de reprovação.

Candidatos afirmam, que um dos motivos para esse grande nível de reprovação seria o rigor excessivo apresentado pelos examinadores da banca. Algumas outras hipóteses estas sem confirmação também são levantadas pelos candidatos que se mostram insatisfeitos com a gestão do órgão de trânsito pela polícia civil.

No início de 2013, foi levantada a hipótese do aumento do número de aulas práticas obrigatórias, após uma denuncia realizada em um jornal local, falando sobre o alto nível de reprovação em Juiz de Fora, todavia o projeto não foi mais comentado. Outra hipótese levantada foi sobre o uso obrigatório de um simulador de direção, que deveria ser aplicado pelas autoescolas antes que o candidato prosseguisse para a parte prática de seu curso, entretanto ao que se sabe ainda não houve licitação para definir a empresa que forneceria os simuladores de direção.

Uma das soluções apontadas pelos candidatos prejudicados, seria a terceirização do setor conforme aconteceu em todo país, Cogita-se a possibilidade de que passeatas pedindo a terceirização do DETRAN-MG possam ser realizadas em Juiz de Fora no ínicio do mês. As ultimas manifestações na cidade alcançaram a marca de 15 mil participantes.

direto da redação

 

Tiago Tadeu

Curta nossa página no Facebook e nos siga no Twitter!

%d blogueiros gostam disto: