Arquivos do Blog

Amy Winehouse não morreu!

Todos nós fomos brutalmente surpreendidos com a morte da cantora britânica Amy Winehouse e desde então só ouvimos falar, mais e mais dos seus escândalos e pouco se fala sobre a verdadeira Amy. Então vou lhes apresentar a Amy, que é digna de toda a nossa admiração e respeito:

Amy Winehouse nasceu em Londres, no dia 14 de setembro de 1983. Iniciou sua carreira em 2003 com seu single “Stronger Than Me” que atingiu a 71ª posição na UK Singles Chart, uma “Parada de Singles do Reino Unido”. Somente em 2006 com seu segundo álbum de estúdio, intitulado: Back to Black Amy atingiu o sucesso, o álbum ficou em 2º lugar na Billboard 200 e em 1º na UK Albums Chart. Ainda em países como Brasil e França o álbum foi concedido pela ABPD e SNEP com certificação de diamante respectivamente, por mais de 1.000.000 milhão de cópias vendidas nos dois países juntos. Além de várias outras certificações como: ouro e platina.

Em seguida veio “Rehab” além de ser a mais conhecida da cantora, a canção ficou em 9º lugar na Billboard Hot 100 e em 1º na Los 40 da Espanha. Também ganhou certificação de platina por mais de 120.000 mil cópias vendidas. Após o estrondoso sucesso de “Rehab”, Winehouse voltou com mais um hit, lançando como single: “You Know I’m No Good” alcançando a 87ª na Hot 100. Após lançar diversos singles para o álbum como: “Back to Black” e “Tears Dry on Their Own”, Amy se casou com Blake Fielder-Civil em Miami na Florida no ano de 2007, quando lançou seu primeiro DVD, gravado durante um show em Londres, I Told You I Was Trouble: Live in London.

Em uma única noite Amy Winehouse ganhou 05 dos 06 Grammy Awards que foi indicada, só para você ter noção a maioria dos artistas passam a vida inteira em busca de apenas um desses prêmios e ela ganhou 05 de uma só vez; Só o álbum Back to Black já vendeu mais de 10 milhões de discos.

Essa é a Amy Winehouse que eu conheço, e essa é a Amy Winehouse que todos devem se lembrar. Minhas condolências a família de Amy e que fique a homenagem a esse ícone, que agora mais que nunca cravou seu nome na história do cenário musical. Amy Winehouse não morreu, está mais viva do que nunca dentro de todos nós.

%d blogueiros gostam disto: